Após o carnaval, tem início a baixa estação turística, que vai de março a junho. Entretanto, a movimentação no aeroporto de Fernando de Noronha não demonstra grandes reduções após a festa de Momo, um indício de que a temporada deste ano tem a chance de ser melhor que a de 2018. 

A expectativa dos empresários é positiva. “Em 2019, nós estamos com um movimento, em média, 20% a mais que a baixa estação do ano passado. Eu acredito que o cenário econômico melhor e a grande divulgação da ilha na mídia ajudam a garantir um bom número de turistas”, afirma o empresário Renato Maria Neto, do grupo Noronha Pousadas.

Edna Moura, diretora da maior empresa de receptivo da ilha, também tem registrado uma melhora na baixa estação em Noronha.

“A baixa estação do ano passado não foi boa. Entre outros problemas, tivemos a eleição, que inibe o movimento, as pessoas têm medo das mudanças. Já em fevereiro e março deste ano, nós registramos um crescimento de 15% em comparação ao mesmo período de 2018”, diz.

O governo também acredita que os números deste ano serão melhores que os do ano passado. “2019 já começou melhor. Nos dois primeiros meses (janeiro e fevereiro), o movimento foi maior que no ano passado. A tendência é se manter", afirma o administrador da ilha, Guilherme Rocha.

O administrador também avalia que a mídia positiva ajuda a ilha. “Temos registrado a divulgação de Fernando de Noronha em muitos veículos de comunicação por conta do decreto que proíbe a entrada de plásticos na ilha, uma mídia espontânea. Isso é muito positivo para Noronha, teremos um bom ano”, declara.

 

Fonte: https://glo.bo/2U5dONR