A historiadora Grazielle Rodrigues (foto acima), lançou nessa  sexta-feria (17) , o livro “A História e Suas Práticas de Escrita”. A pesquisadora, que é da ilha, assina  o capítulo "Escrever é reinventar o tempo: a história contada de Fernando". No texto  ela faz reflexões históricas de Fernando de Noronha.

"Há a necessidade em refletir mais conceitualmente Noronha, trazer a história de Noronha para o debate acadêmico. Ao ser convidada pelos organizadores, quis debater teoricamente a história da Ilha. Acho que ficou bacana o resultado final", relata a autora.

Grazielle é integrante das chamadas “famílias tradicionais”, ela iniciou a pesquisa sobre a história de Fernando de Noronha em 1998. “ Sempre se preocuparei com o tema histórico e o reconhecimento de Noronha na ciência história”, disse a pesquisadora. O lançamento foi realizado na Biblioteca, na Vila do Trinta. No evento foram presenteados com exemplares as instituições locais: Biblioteca Heleno Armando, Projeto Tamar, Instituto Chico Mendes da Biodiversidade, Conselho Distrital, Memorial Noronhense, Projeto Golfinho Rotador e o G1/Viver Noronha.

"Sinto-me na obrigação em realizar este momento na biblioteca pública distrital, por ser aqui o símbolo da prática da leitura. Precisamos sempre movimentar e valorizar este espaço tão importante da ilha. Até como uma forma de estimular a leitura nos locais.", finalizou  Grazielle Rodrigues.

Resumo do livro:"A história e suas práticas de escrita - Leituras do tempo”, é uma série publicada pela Editora da UFPE, e organizada por Erinaldo Cavalcanti e Geovanni Gomes Cabral sobre novos conceitos e metodologias teóricos específicos. O livro pode ser adquirida na livraria da editora.

 Fonte: http://g1.globo.com/pernambuco/blog/viver-noronha/post/historiadora-lanca-livro-em-fernando-de-noronha.html