O Arquipélago de Fernando de Noronha pertencente ao estado brasileiro de Pernambuco, é composto por vinte e uma ilhas numa extensão de 26 km², tendo sua maior e principal ilha, como a única ilha habitada do arquipélago que também leva o nome de Fernando de Noronha. As demais ilhas do arquipélogo estão contidas na área do Parque Nacional Marinho e são desabitadas, só podendo ser visitadas com licença oficial do IBAMA.

Considera-se como data oficial do descobrimento de Fernando de Noronha o dia 10 de agosto de 1503, a partir dos registros documentais existentes do navegador e escritor Florentino Américo Vespúcio. O arquipélago surgiu há aproximadamente 12 milhões de anos, através de uma série de erupções vulcânicas, e foi a primeira capitania hereditária do Brasil.

Dividida entre dois mares, o de dentro (entre o Brasil e a Ilha) e o de fora (entre a ilha e a África) as belezas naturais de Noronha encantam a todos que aqui passam. Com praias paradisíacas, passeios de barcos, aluguel de bugue, trilhas e restaurantes típicos, a ilha também oferece um incrível cenário para a prática de esportes aquáticos como o surf e o mergulho de cilindro. Com apenas 17km² quadrados na ilha principal, Noronha, possui a segunda menor BR do Brasil com 7 quilômetros de comprimento. 

2930 habitantes
26 km² área
26 temp. média
172 hab./km²